Revista da Papelaria

Início » Notícias / Mercado » Decorativos, acessíveis e divertidos

18/06/2018

   

Decorativos, acessíveis e divertidos

O boom dos quadros decorativos merece a sua atenção

Renovar o estoque apenas com itens essencialmente de papelaria ficou para trás. Hoje em dia já não se pode mais ficar preso aos materiais escolares e de escritório. É preciso se atualizar e buscar rechear as prateleiras com gifts e produtos divertidos para atrair ainda mais clientes e alcançar diferentes faixas etárias. Porém, como isso já não é mais novidade e todos os empresários já estão apostando em um vasto mix de produtos, está cada vez mais difícil se diferenciar e chegar na frente dos concorrentes. Para ajudá-lo na difícil missão de não deixar passar nenhuma tendência, a Revista da Papelaria está aqui para, muito além de dar o hit do momento, enumerar as qualidades dele e deixar você a par de tudo o que o envolve.


Quadros decorativos sempre existiram, mas, desde o ano passado, eles estão muito em alta e movimentam um mercado de e-commerce focado apenas neles de uma forma nunca vista antes. O boom desse produto veio tão forte que ele ainda é um item de muita procura em todas as lojinhas especializadas e tem conquistado o coração de clientes diversificados em todo o Brasil. Apesar da explosão de lojas especializadas, as papelarias são um bom lugar para oferecer esses quadrinhos que têm uma funcionalidade maior do que apenas decorar cantinhos da casa, já que servem de gifts divertidos para presentear.


Com um leque infinito de opções de frases e ilustrações, esse produto conquista homens, mulheres, adolescentes, jovens e adultos. Não há quem não se encante com uma mensagem positiva ou uma imagem que reflita bem sua personalidade. Exatamente pelo fato de conquistar públicos distintos e ser fácil de vender, o varejista pode escolher oferecer quadrinhos com conteúdos já conhecidos e de fácil comercialização ou pode inovar e dar a opção de os seus clientes personalizarem o produto do jeito que quiserem.


Gilberto Negreiros, sócio-diretor da Printas, explica que os quadrinhos têm funções decorativas e, muito mais, de alegrar ambientes, dando o toque pessoal de cada um, de acordo com a escolha das frases ou ilustrações, deixando transparecer a personalidade do cliente. Ele também explica por que você deve investir no produto. “Ele é facilmente exposto, decora o ponto de venda e tem uma faixa de preço que permite o acesso a muitas camadas de consumo, o que faz com que seja fácil comercializá-lo”, ressalta.


Além dessas características que contribuem para que as vendas desse item de decoração sejam aquecidas, Gilberto dá outro bom motivo para ninguém perder os quadros de vista. “Esse produto já tem muita procura e, com o aquecimento da economia, prevemos que o mercado pode crescer ainda mais. Todo mundo tem uma parede para decorar e, além de ele ter um conceito divertido e alegre, têm preços acessíveis”, constata o empresário que já atua há 10 anos no mercado.

 

< Anterior | Próxima >