Revista da Papelaria

Início » Notícias / Negócios » BB reduz juros para micro e pequenas empresas

09/05/2012

   

BB reduz juros para micro e pequenas empresas

Taxa do cheque especial passou de 9,13% ao mês para a 3,94% ao mês

O Banco do Brasil (BB) anunciou hoje novas medidas para ampliar o crédito às micro e pequenas empresas. O conjunto de ações contempla novas reduções de taxas juros, concessão de carência para pagamento de parcelas de empréstimos e taxas especiais para as empresas anteciparem suas vendas do Dia das Mães.
Segundo nota divulgada pelo BB, a iniciativa faz parte do programa BOMPRATODOS, lançado em abril deste ano. No cheque especial para as empresas, a taxa passou de 9,13% ao mês para a 3,94% ao mês. Os juros de duas linhas de capital de giro também foram reduzidas. A taxa mínima da modalidade BNDES Capital de Giro Progeren passou de 0,96% ao mês para 0,89% ao mês. Já na linha BB Capital de Giro Mix Pasep, a taxa mínima passou de TR (Taxa Referencial) mais 2,14% ao mês para TR mais 0,99% ao mês.
Foi também anunciado que, durante o mês de maio, as empresas contarão com uma promoção para antecipar os valores das vendas do Dia das Mães. Os recebíveis (cheques pré-datados, duplicatas ou cartões de crédito) poderão ser convertidos em capital de giro com juros a partir de 1% ao mês, ante uma taxa média de 1,3% ao mês. Já os clientes com operações nas duas principais linhas de capital de giro do BB contarão com carência no pagamento de até três parcelas nas novas liberações de crédito.
Outra medida implementada foi prorrogar, até o final de junho, as condições especiais de taxa e prazo para os clientes que contratarem empréstimos para liquidar suas operações em outras instituições financeiras. Neste período, os empresários encontram taxas a partir de 0,89% ao mês e prazo de pagamento de até 60 meses, contando com carência de até seis meses para pagar a primeira parcela da operação.

 

< Anterior | Próxima >