Revista da Papelaria

Início » Notícias / Tecnologia » Máquina de escrever do século XXI

12/01/2015

   

Máquina de escrever do século XXI

Protótipo adequa instrumento às ferramentas disponíveis atuais

A máquina de escrever não está superada e a prova disso é a Hemingwrite. O aparelho combina a simplicidade do processador de texto dos anos 1990 com a tecnologia moderna, que permite, por exemplo, back up, armazenamento em nuvem e acesso a Wi-fi.


Equipada com Bluetooth e com possibilidade de integração a Evernote e Google Notes, o gadget propõe que os escritores passem os projetos que estejam desenvolvendo à tela e-ink de 6 polegadas para se livrarem dos problemas de concentração causados pelas múltiplas distrações oferecidas pelos computadores.


Outro ponto positivo do aparelho é a duração da bateria: os criadores prometem até seis semanas de autonomia, sem necessidade de recarga. No entanto, a Hemingwrite ainda não está à venda. O projeto faz parte do Engadget Insert Coin, concurso de design que ajuda inventores a transformar projetos em realidade.

 

< Anterior | Próxima >