CARREGANDO

Escreva para pesquisar

Marcas

3 perguntas para Natália Marino Analista de trade marketing da Faber-Castell

Compartilhe

Como foi sua trajetória profissional até o atual cargo na Faber-Castell?

Sou formada em Design e Negócios de Moda e meus trabalhos sempre foram focados em visual merchandising, o que possibilitou meu ingresso na Faber-Castell. Na empresa, atuei um ano em campo como gestora de ponto de venda, supervisionando a equipe de promotores. Meu objetivo era assegurar a execução dos materiais de PDV, a exposição de produtos, o cumprimento das estratégias e o relacionamento com o cliente.

Qual o seu principal desafio no trade marketing?

Em fevereiro deste ano, ingressei no trade marketing, e o desafio é integrar a vivência do campo com planejamento e embasamento para contribuir internamente com a empresa.

O que o lojista pode esperar da Faber-Castell para a próxima temporada escolar?

Muita novidade com muita qualidade. Uma delas – e que é meu xodó – é a Tesoura Vai e Vem, que atende tanto o destro quanto canhoto. O produto é focado nas crianças que estão aprendendo a recortar e ideal para aqueles com necessidades especiais e dificuldades motoras. Há também o Ecolápis de Escrever Graphicolor, que tem tecnologia patenteada pela Faber-Castell. São lápis de escrever em quatro cores diferentes, com escrita apagável. As papelarias podem, agora, oferecer uma linha mais ampla da família Caras & Cores. Os diversificados tons de pele dos lápis de cor também estão na canetinha hidrográfica, na tinta guache, no giz de cera e na massinha de modelar.

Post anterior
Próximo post