CARREGANDO

Escreva para pesquisar

Consumidor

Aliados e versáteis

Compartilhe
Papelaria Aliados e versáteis

Com o passar do tempo, os blocos autoadesivos ganham cada vez mais aplicações no dia a dia das pessoas. Seja nos cantinhos de estudo, seja nos ambientes corporativos.

Indo além de sua clássica função de lembrete, os blocos autoadesivos têm ganhado diferentes destinos, conquistado diversos espaços e recebido outros formatos. Desde o lançamento comercial do primeiro modelo pela 3M nos anos 1970, a simplicidade e a facilidade de uso do produto têm despertado a criatividade de usuários em todo o mundo. Fazendo dos bloquinhos autoadesivos um ícone para anotações de lembretes. Além de ferramenta de organização de processos e até mesmo matéria-prima para instalações artísticas.

“O bloco autoadesivo é uma ferramenta muito prática, possui diversos tamanhos, formatos e cores e cola e descola com facilidade. São inúmeras as suas possibilidades de uso”, defende a fã do produto e consultora em organização Kalinka Carvalho. A profissional sugere que as papelarias invistam mais em uma exposição criativa. Inspirando consumidores sobre como o produto pode auxilia-los em tarefas importantes do dia a dia. “Muitas pessoas precisam do bloco autoadesivo, mas nem sabem. Acho que, se as papelarias deixassem o produto exposto com diversas funcionalidades, estimularia a venda. A criatividade no uso dessa ferramenta é o mais interessante. Cada um pode encontrar uma nova função para ele”, aponta.

Papelaria Aliados e versáteis
Danielle Maia faz posts para divulgar as diferentes maneiras de usar os produtos.

O bloco autoadesivo é item popular nos perfis de Instagram que se dedicam a divulgar técnicas e dicas de estudo. Como usuárias recorrentes de produtos de papelaria, as consumidoras por trás desses perfis também têm opinião formada sobre os bloquinhos. A Karina Vitali, dona do perfil @karinaestuda, por exemplo, diz que o que mais chama sua atenção no momento é o preço e a durabilidade da cola. Ela também confessa que presta muita atenção nas cores dos blocos e que prefere os tons pastel. A opinião da Danielle Maia,
estudante de 13 anos e proprietária do perfil @dani_studiess, é um pouco diferente em relação a valores. Segundo a estudante, o que ela mais gosta no produto é a ajudinha que ele dá nas tarefas do dia a dia. Facilitando sua rotina de estudos.

A Danielle, que usa os blocos coloridos para dar ênfase nas informações de seus resumos e para anotações importantes em sala de aula, diz que sempre faz a compra em papelarias, mas que não é fiel a nenhuma. A melhoria que ela proporia a uma empresa do ramo seria diminuir o preço e expor mais variedades. “Dificilmente encontro novidades nas papelarias brasileiras”, reclama.

Papelaria Aliados e versáteis
A profissional Kalinka Carvalho sugere que lojistas exponham sugestões de uso para destacar o produto na loja. A imagem acima é um exemplo do que ela relaciona ao lado.

Já Karina, vestibulanda de 19 anos, diz que tem o costume de comprar em papelarias físicas para ter o melhor controle de qualidade do produto. A jovem conta que sempre compra na Kalunga, e a sua dica foi mais direcionada aos fabricantes. “Com certeza, uma boa melhoria seria na cola. Quanto a outros aspectos, uma maior variedade de cores seria incrível, pois gosto de combinar a cor do marca-texto com a do bloquinho”, indica.

Próximo post

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *