CARREGANDO

Escreva para pesquisar

Organização

Funcionalidade e beleza

Compartilhe

Caixas de todos os tipos viram protagonistas na hora de organizar espaços

Quando falamos de caixa, o que não falta é variedade. Tem para todos os estilos, gostos e tamanhos. A caixa é um produto coringa, sendo uma aliada tanto para guardar de maneira organizada o que usamos pouco ou para deixar facilmente acessível o que tem uso frequente. Entre os objetos usados para organização, as caixas são as mais procuradas.

A grande oferta de caixas é consequência do crescimento do mercado de organização e, acompanhando esse aumento, estima-se que, hoje, o Brasil tenha, aproximadamente, dois mil profissionais identificados como personal organizer. A Associação Nacional de Profissionais da Organização e Produtividade tem 5cinco anos de existência e mais de 300 associados. Os espaços domésticos urbanos cada vez menores, exigindo dos moradores maior controle sobre o seu uso, estimulam esse mercado. Afinal, otimizar tempo e espaço é uma questão de qualidade de vida. 

A profissionalização do setor, a maior divulgação de técnicas de organização e sucessos como o do livro A Mágica da Organização e da série de TV Ordem na Casa, ambos da japonesa Marie Kondo fazem com que o consumo por caixas e toda sorte de soluções para organização sejam cada vez maiores.

“Prefiro caixas de plástico com tampa, fazendo com que os objetos fiquem protegidos da poeira”, declara a personal organizer Gabi Correa. Segundo a profissional, os clientes pedem, com frequência, para ela organizar os pertences nas caixas, guardando de cintos a lenços, passando pelas fotografias. Os atributos e vantagens das caixas são realmente bem diversificados: otimizam o espaço, protegem objetos contra poeira, permitem categorizar a arrumação, podem ser decorativas e são práticas para carregar.

E no ponto de venda?

Na rede de papelarias Casa Ribeiro os clientes buscam por caixas, tanto para organizar objetos, quanto para
embalar presentes.

Para o empresário e dono de uma papelaria, vender caixas em sua loja pode ser um desafio. Mas não há com o que se preocupar, pois é um mercado lucrativo e abrangente. Chama atenção do cliente que deseja organizar a casa, daquele que quer guardar antigas lembranças e até do que deseja presentear um parente ou um amigo querido.

Uma das filiais da papelaria Papel Craft, no Rio de Janeiro, arrumou uma forma inteligente e bonita de expor suas caixas: em prateleiras bem altas. Assim, é possível que os clientes as vejam sem que atrapalhem a exposição de outros produtos.

A solução encontrada na Papel Craft para expor as caixas foi acondicioná-las em prateleira alta.

Se desejar diferentes opções para exibir as caixas em sua loja, basta colocar em nichos, prateleiras na altura dos olhos ou no chão. O mais importante é não perder a harmonia da loja e não prejudique a visualização de outros itens. Também existem as caixas dobráveis, que são uma tendência de mercado, pois reduzem o espaço que seria ocupado por caixas fixas e, cá entre nós, é um ótimo item para vender em uma papelaria.

As caixas organizadoras da DAC têm estampas assinadas pelo artista plástico Dudu Bertholini e linha da cantora e
atriz Sophia Abrahão.

Além da organização, as caixas – principalmente as de papelão com estampas divertidas – são muito utilizadas para embalar presentes e deixar uma data comemorativa ainda mais especial. A vendedora Ketellen Barbosa, da Casas Ribeiro, vendeu duas caixas no início da tarde de uma segunda-feira. As clientes contaram para ela que uma seria para presente e a outra, para guardar óculos de sol. O uso de caixas é assim, vai de acordo com a imaginação e necessidade.

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *