CARREGANDO

Escreva para pesquisar

Eventos

Negócios, treinamento e redes sociais

Compartilhe

A feira Escolar deste ano se superou nesses quesitos. A Rodada de Negócios gerou R$ 8 milhões em dois dias, o Fórum da Papelaria foi disputadíssimo e influenciadoras digitais revelaram os principais lançamentos em tempo real. O evento ainda virou cenário de pesquisa de mercado para empreendedores que estudam investimento no setor

O evento mais esperado do mercado de papelaria nacional aconteceu de 4 a 7 de agosto, no Expo Center Norte, em São Paulo. Pelo 33º ano consecutivo, a feira Escolar Office Brasil conseguiu atrair milhares de fornecedores, revendedores e outros profissionais do setor em torno de negócios, oportunidades e muita inspiração para potencializar os negócios por toda uma nova temporada. A Francal Feiras, promotora da Escolar, reuniu 160 marcas. Só nos primeiros dois dias, cerca de 4 mil visitantes passaram pelo pavilhão de exposições.

“Precisamos de um mercado forte. Os representantes e as marcas presentes já entenderam isso. Estamos assistindo a um novo conceito de papelaria, a uma renovação de visão do varejista e a uma postura integrada”, avalia Abdala Jamil Abdala, presidente da Francal Feiras, sobre o atual momento do setor de papelaria. “Vejo claramente uma passagem de um cenário de estagnação para um de desenvolvimento da economia”, completa.

Integração e desenvolvimento foram mesmo a marca desta edição da feira por vários aspectos. A grande presença de lojistas que visitavam a primeira vez o evento e o de empresários que estavam estudando o setor para investir foi facilmente percebida. A renovação do público visitante é altamente saudável para o setor e demonstra que a feira é referência tanto para quem busca melhorar o negócio já estabelecido como para quem estuda um nicho para investir.

Outro ponto observado foi a postura cuidadosa da Francal em manter o perfil de feira profissional – não aceita consumidor final – ao mesmo tempo em que apoiou a presença de influenciadores de redes sociais. Donos de perfis no Instagram e no YouTube, com milhares de seguidores apaixonados por papelaria e ávidos por novidades, circularam pelos estandes. Num ambiente marcado pelas tensões e rituais de negociações, realizaram uma cobertura em tempo real cheia de graça e emoção. Os studygrammers de plantão amaram e as marcas também, já que puderam “sentir” como seus principais lançamentos serão recebidos pelos consumidores.

A efetivação de pedidos e fechamento de negócios são os principais objetivos da feira ao promover o encontro de fornecedores e varejistas. Além das vendas realizadas nos estandes no horário normal de exposição, a Francal organiza a Rodada de Negócios. Em cada reunião, marcas e compradores – previamente agendados e com tempo determinado – conseguem, no horário da manhã, com mais calma, fechar acordos comerciais. Nesta edição da feira, a Rodada de Negócios aconteceu em dois dias, onde foram realizadas 220 reuniões e gerados R$ 8 milhões em acordos.

Representantes comerciais unidos em maratona

Em uma ação inédita, a Francal Feiras organizou a Maratona do Representante Comercial. Essa iniciativa convocou os representantes comerciais para convidarem empresários de papelaria para visitarem a feira. No total, 27 profissionais se inscreveram – envolvendo 17 estados – e foram responsáveis pela visitação de mais de 800 lojistas de variadas regiões do Brasil. No terceiro dia da feira, houve a revelação dos representantes vencedores.

O que mais levou visitantes foi Luiz Carlos Dalleprane, representante das marcas Ciranda Cultural e Lamasb no Espírito Santo. “Há sete anos venho organizando caravanas do meu estado para a feira Escolar”, comemora, com o sentimento de reconhecimento de um trabalho feito por muito tempo. Ele faturou o cruzeiro marítimo internacional de sete noites por Punta Del Leste, Buenos Aires e Montevidéu. Na verdade, ele viu esse trabalho de longa data ser recompensado.

Os outros vencedores ganharam cruzeiros para diferentes destinos nacionais. O destino de José Carlos do Araújo, representante da Dermiwil no Mato Grosso, será Búzios, no Rio de Janeiro. Ele ficou em segundo lugar, sendo o responsável pela visitação de 400 lojistas. O outro vencedor foi Ricardo Batista Leite, representante das marcas Leonora, Waleu e Cotiarte na região de Ribeirão Preto, no interior paulista, e ganhou um cruzeiro para Balneário Camboriú, em Santa Catarina.

“A iniciativa foi muito positiva e vamos levá-la para outros eventos de negócios que a Francal promove. O representante comercial é importantíssimo no relacionamento entre a indústria e o varejo e tem que ser reconhecido”, anunciou Waleska, gerente de negócios da Escolar.

Treinamento prático

Outra iniciativa inédita da Francal foi a promoção – junto com a Revista da Papelaria – do Fórum da Papelaria. A promotora da feira ofereceu toda a infraestrutura, e a revista identificou os temas e convidou os palestrantes. “Assim que a Francal nos convidou para esse projeto, ficou claro que tínhamos que fazer algo prático. Tínhamos que divulgar conhecimento e experiência de profissionais altamente especializados, que sabiam do que estavam falando. Não porque estudaram ou pesquisaram, mas porque vivem os temas escolhidos no dia a dia. Então, nossos palestrantes tinham que ser empresários de papelaria, é claro!”, lembra Rosangela Feitosa, editora da Revista da Papelaria.

A programação do Fórum da Papelaria contou com bate-papo com influenciadoras digitais e apresentações sobre gestão, e-commerce, inovação, serviços em papelaria, artesanato, automotivação feitas por empresários de papelaria de Pernambuco, do Rio de Janeiro e do interior de São Paulo. Toda a programação foi registrada em vídeo e está disponível no canal da Revista da Papelaria no YouTube.

Uma feira de conteúdo

Temas importantes para o setor de papelaria figuraram também na Escolar Experience. O painel apresentou temas bastante diversificados, como soluções e inspirações para vitrinismo e layout de loja, o panorama do setor livreiro e o cartão material escolar.

Em outro ponto da feira, o visitante pôde conhecer a Papelaria Conceito e, por meio de uma visita guiada, descobrir técnicas de otimização do espaço da loja, iluminação e mobiliário adequado. Um pouco mais adiante, no mesmo pavilhão, o empresário de papelaria era capaz de perceber o potencial do mercado da organização e sua relação com o setor de papelaria com palestras que aconteciam em lugar próprio.

A Escolar Office Brasil 2020 já tem data marcada: de 2 a 5 de agosto (de domingo a quarta), no Expo Center Norte. Planeje-se!

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *