CARREGANDO

Escreva para pesquisar

Lançamentos

Pintando e vendendo

Compartilhe

A melhor forma de exibir e cuidar dos pincéis em sua loja

O que mais chama atenção da gerente administrativa apaixonada por arte, Flavia Seifert, na hora de comprar seus pincéis, é a forma como eles estão expostos. “É interessante que os pincéis estejam à mostra, fora da embalagem, possibilitando que você toque em suas cerdas e sinta a maciez ou rigidez deles. Eu fico sempre imaginando de que forma aquele pincel vai tocar a minha tela e de que forma ele vai espalhar a minha tinta”, explica. No caso de Flavia, ela foi incentivada por sua mãe desde os dez anos de idade e representa uma entre as infinitas possibilidades que um consumidor pode ser impactado no ponto de venda.

Expor os pincéis na loja pode parecer um grande desafio na rotina de um lojista, mas a Condor destaca que é importante que a papelaria tenha um display apropriado para a exposição correta dos pincéis, e ressalta que eles devem sempre ser expostos com seus complementos, como tintas, papéis e telas. Outra estratégia é expor no ponto de venda peças artesanais que foram elaboradas com os mesmos pincéis que estão à venda, por exemplo. Dessa forma, o cliente irá comprar novos utensílios para pintura e ainda sairá da loja inspirado a criar.

Para a exposição de seus pincéis, a Pincéis Cássia (São Caetano do Sul/SP), indica que o lojista coloque os pincéis no balcão, próximo ao vendedor, para que ele consiga indicar o melhor modelo de acordo com a finalidade que o consumidor deseja. Andrea Carjuela, diretora comercial da Pincéis Cássia, explica que os pincéis devem ser expostos de forma cuidadosa, evitando que o cliente os manuseie com frequência.

Uma curiosidade sobre a fabricação dos pincéis é que não existe máquina para a produção de pincéis artísticos, sendo todos feitos à mão. “Digo que a arte começa na fabricação dos pincéis”, comenta Denise Emery, técnica em pincéis da Condor. Na Pincéis Cássia não é diferente, pois todos os pincéis são produzidos artesanalmente por pinceleiros com prática, que são mulheres em sua maioria, por causa da delicadeza de suas mãos para confeccionar os produtos com cuidado e excelência nos detalhes.

A Derwent é uma marca britânica de produtos artísticos distribuída no Brasil pela Tilibra. O diferencial curioso da Derwent é que as cerdas de todos os seus pincéis não são de pelagem animal, são todas de origem sintética. A marca traz como novidade os pincéis com reservatório de água em três versões, cada uma com pontas diferentes. Esses pincéis são conhecidos também como water brushes e ficaram famosos devido à técnica de lettering.

Cuidando bem dos pincéis

Para que os pincéis durem o tempo previsto com êxito, sem perder a qualidade original, é preciso tomar algumas precauções. O principal é limpá-los sempre após o uso, evitando que a tinta seque no pincel. Para limpar, comece tirando o excesso em um pano macio e úmido antes de lavar. A lavagem deve ser feita usando sabão neutro, fazendo movimentos circulares e de vai e vem. O enxágue deve ser em água corrente.

O armazenamento dos pincéis deve ser em local fresco e arejado. É importante nunca guardar os pincéis molhados em locais fechados. Primeiro espere secar e depois guarde no local adequado.