CARREGANDO

Escreva para pesquisar

Gestão

Um caso de amor

Compartilhe

A Moreno’s atua há 11 anos no mercado e inspira perseverança

A história da Moreno’s Abc Papelaria e Informática começou antes mesmo de ser oficialmente inaugurada. Para Anézio Moreno, fundador do negócio, a jornada no segmento já fazia parte de sua vida desde 1980, época em que trabalhou na área comercial da Kartro, empresa fabricante de materiais de escritório. Com a paixão que já tinha pelo setor de papelaria e pela facilidade de se relacionar com as pessoas, foi questão de tempo para chegar ao cargo de diretor nacional de vendas. Depois de 14 anos na Kartro e de uma aposentadoria precoce, nasceu seu primeiro negócio, a JMT Papelaria, distribuidora de materiais de escritório e papelaria em Santo André (SP).
O recém-criado negócio foi gerenciado inicialmente por seus dois filhos, enquanto Anézio representava as empresas Cosmos e Gramp Line. Após um período, decidiu se desligar do cargo e dar a devida atenção à JMT, que foi vendida no ano de 2001. Sem intenção de se afastar do segmento de papelaria, o empreendedor notou o aquecimento do mercado e decidiu voltar para o varejo. Assim nasceu a Cidé Papelaria – uma homenagem à sua esposa Cidelice –, localizada na cidade de São Caetano do Sul (SP).
Após nove anos de dedicação, trabalho e feedback positivo de diversos clientes, a Cidé Papelaria se tornou referência na região. Com o crescimento, também vieram muitas responsabilidades e o maior comprometimento com a loja, mas também o cansaço. Para Anézio, já era hora de descansar. Assim, a difícil decisão foi tomada: a Cidé Papelaria foi vendida em 2010.

Era só uma parada
Três meses após a decisão de se aposentar de vez, Anézio não conseguiu controlar seu espírito empreendedor e iniciou a procura por uma papelaria de menor porte. A ideia era trabalhar menos, mas com o que lhe trazia felicidade: o varejo de papelaria.

O sonho estava sendo realizado mais uma vez, e um ponto comercial no bairro de Vila Assunção, em Santo André, foi colocado à venda. O visionário empreendedor não teve dúvidas e aceitou o desafio de transformar o espaço em uma papelaria. Após uma longa jornada no segmento e muita paixão, nasceu a Moreno’s Abc Papelaria e Informática.

O trabalho de reconfigurar a loja foi iniciado, porém, as etapas de reformulação do la-yout, estrutura, implementação de produtos, serviços e atendimento foram interrompidas. Com três anos no comando do novo negócio, Anézio Moreno faleceu, mas seu sonho permanece vivo para a filha Carolina Moreno.

Era o recomeço da Moreno’s Abc Papelaria e Informática. Comandada por Carolina e pelo marido Paulo Sérgio, o planejamento da loja seguiu a ideia original de Anézio. Além da reestruturação, foi iniciado o processo de compra de produtos diretamente dos fabricantes, o que, segundo Paulo, tornou os preços mais competitivos. “Começamos o processo de atendimento ao mercado corporativo local, acrescentamos serviços de impressão, confecção de carimbo, entre outros. Esses serviços foram atraindo clientes, fazendo-os comprar outros produ-tos. Implantamos, também, as parcerias com colégios da região para o atendimento de listas no período do volta às aulas. Assim, fomos quebrando o paradigma de que papelaria de bairro não tem os produtos que os clientes procuram, não tem novidades”.

“Começamos o atendimento ao mercado corporativo local, acrescentamos serviços de impressão, confecção de carimbo, entre outros. Fomos quebrando o paradigma de que papelaria de bairro não tem os produtos que os clientes procuram, não tem novidades”.

Paulo Sérgio

A papelaria hoje
Segundo Paulo Sérgio, a Moreno’s está na contramão do mercado de papelaria, que, para ele, está focado no autoatendimento dos clientes. “Na Moreno’s, o cliente ainda é atendido no balcão, por profissionais que amam o que fazem, conhecem os produtos e conseguem identificar as necessidades de cada um. Os clientes recebem atendimento diferenciado, atencioso e de excelência”.

Hoje, a papelaria atua no segmento de material escolar, escritório e informática, embalagens de presente, serviços de impressão colorida e P&B, encadernação, plastificação e confecção de carimbos. Para explicar o grande acerto do negócio, Paulo conta que o investimento em um mix de produtos diversificado, a disposição de produtos de qualidade e de marcas conceituadas, além do investimento em atendimento de excelência, fizeram a diferença.

“Para os empresários, é importante estar sempre atento às necessidades dos clientes; observar o que os seus concorrentes estão fazendo; estar aberto e disposto a se reinventar e mudar de estratégia se necessário; cuidar bem das finanças e estreitar bem as relações com os fornecedores, estabelecer parcerias; comprar bem para oferecer preços competitivos ao cliente”, analisa o empreendedor, que para os fornecedores aconselha: “olhar com atenção e carinho para as pequenas e médias papelarias, oferecer condições especiais; os pequenos e médios empreendimentos podem se tornar grandes”.