CARREGANDO

Escreva para pesquisar

Gestão

Um novo conceito de papelaria

Compartilhe

Conheça a trajetória de uma gestão visionária e estrategista

A história do negócio comandado por Oriel Pereira começou com um sonho plantado há 20 anos e com muita vontade de levantar um tipo de comércio que até então não existia em sua cidade. Localizadas em Rio Branco, no Acre, as lojas Papelaria Aurora (@papelariaaurora), Modelo (@papelariamodelo_ac) e Modelo Prime (@papelariamodeloprime) proporcionaram um novo perfil de consumo na cidade e uma inédita relação com os artigos de papelaria.

O caminho para a realização pessoal de Oriel teve início com uma loja de 12m² em um terminal de ônibus. Ali, percebeu a quantidade de estudantes na cidade e suas demandas por produtos que ainda não existiam na área. “Não havia papelarias por ali. Tinha uma loja que fazia venda de produtos como cartolina, materiais básicos…”, relembra o lojista.

Ainda em relação a sua pequena loja, Oriel comenta que seu método de organização foi um fator que o fez virar referência, levando em consideração o pouco espaço para expor os produtos e a habilidade em que conseguia fazê-lo. Assim, observando a necessidade do mercado, percebeu que era o momento de reestruturar a visão sobre as papelarias, e foi a vez de a Papelaria Aurora nascer.

A partir do bom desempenho da Papelaria Aurora, foi apenas questão de tempo para a Papelaria Modelo também se estruturar. A Modelo, inaugurada em janeiro de 2017 no centro da cidade, se diferenciou porque passou a oferecer produtos mais profissionais e específicos, até mesmo artísticos, enquanto a primeira se especializava em oferecer produtos escolares mais comuns.

Papelaria de cara nova

Em agosto deste ano, Oriel Pereira concretizou seu mais novo empreendimento no varejo de papelaria: a inauguração da Papelaria Modelo Prime. Com ela, o empresário pôde visualizar e oferecer para a cidade um novo conceito de papelaria baseado na experiência de consumo. “É um estilo de loja mais moderno e um lugar onde o cliente não encontra só o básico de papelaria. “Há muito gift, mas conseguimos atender também diversas faixas escolares, bem como o público office”, explica Oriel.

O empresário buscou inspiração no próprio mercado de papelaria para ambientar a sua nova loja. Para idealizar como seria o espaço, se inspirou em papelarias como a Papel Magia e em layouts de stands nas feiras das quais participou. Assim, após reunir suas referências, concebeu junto com um escritório de arquitetura o design da loja. O investimento total, segundo Oriel, foi de R$ 180 mil e atendeu totalmente às aspirações do empresário, que acabou criando um exemplo real do que se pode chamar de papelaria instagramável. Cada canto, parede e posicionamento dos objetos da loja despertam o desejo no consumidor de fazer parte dela. O resultado? Muitos registros em redes sociais.

A Modelo Prime contou com a estratégia de parcerias com influenciadoras digitais e publicações no Instagram desde antes da inauguração. Além disso, Oriel atribui o apoio de algumas marcas, como a Cícero Papelaria, Redoma e Sertic, como fundamentais no início de atividades da nova loja.

Ações promocionais e realização de oficinas e eventos diversos estão no planejamento do empresário para manter em alta o interesse dos consumidores por sua loja. Durante a inauguração, os clientes puderam ter os objetos adquiridos personalizados com lettering pelo Studio Papoula (@studiopapoula). A ação foi tão acertada que já entrou para o calendário da Modelo Prime: em dois sábados por mês a loja proporcionará a personalização com lettering e outras artes nos produtos comprados. Além disso, já estão previstas a promoção de duas oficinas de arte mensais. A loja já realiza entregas na cidade e planeja a estrutura do e-commerce por já ter analisado o interesse dos consumidores, inclusive de fora do país.

Estrutura e mercado

Como nenhuma empresa se mantém de pé com uma única pessoa, Oriel conta com uma equipe de 19 funcionários para as três lojas. Soma-se a esse grupo, sua esposa, que atua no financeiro, e sua filha, que gerencia as redes sociais. Segundo o empresário, o mercado de papelaria atual da capital do Acre está bem mais competitivo. Rio Branco, cidade com cerca de 320 mil habitantes, ainda tem um número considerável de papelarias focadas em atender às licitações públicas, no entanto, já é possível contabilizar ao menos cinco papelarias que têm o consumidor final como alvo.